27/04/2016

Mitologia || Phobos


Olá leitores! 
Depois de uma ausência por motivos pessoais, trago-vos a nova rubrica do Carpe Noctem.
Todos os textos postados são da minha autoria, espero que gostem desta viagem ao passado e que apreciem tal como eu ao descobrir mais a respeito das civilizações antigas e as suas crenças.

tumblr

Phobos é o deus grego que personifica o medo e o pânico. É filho da deusa do amor Afrodite e de Ares o deus da guerra, tem como irmão gémeo Deimos, o deus que representa o terror e do pavor. Eros é também irmão destes dois deuses, mas enquanto o cupido ficou com Afrodite pois ambos tinham um poder semelhante, os outros dois ficaram ao lado de Ares.

Phobos e o irmão são pouco mencionados ao longo da história, em comparação a outros deuses. No entanto, os seus poderes são bem conhecidos e é do nome de Phobos que deriva a palavra fobia.

Deimos e Phobos acompanhavam Ares nos campos de batalha, espalhavam o terror, pânico, confusão, medo e desânimo durante os conflitos. O poder de Phobos pode alcançar apenas um indivíduo ou então largos grupos. Manifesta assim um medo súbito, que acaba por se tornar irracional. Consegue destabilizar a vitima de tal forma que esta deixa de conseguir formular qualquer pensamento racional e rende-se ao medo.

Durante as batalhas que lutava ao lado do irmão e do pai, Phobos era acompanhado pelos seus servos, que se transfiguravam em monstros e animais. Phobos e o seu exercito conseguiam desta forma propagar o medo e acobardar quem cruzasse no seu caminho.

Phobos é descrito como um homem alto, magro mas com músculos definidos e é dito que a sua aparência era assustadora. Mas nunca ninguém conseguiu retratar os seus olhos de forma definida, pois eram neles que todo o medo morava e estes reflectiam o medo de cada um que o olhava.

Os adoradores de Phobos, desenhavam a sua face nos escudos de forma a aumentar o medo dos seus adversários. Há também referências que se faziam sacrifícios de sangue em seu nome, pois era do agrado desse deus.

1 comentário:

  1. Adoro mitologia e saber cada vez mais acerca dos vários elementos que dela fazem parte. Esta rubrica é super interessante. Parabéns pela iniciativa! ♥

    ResponderEliminar

DevRochester. Com tecnologia do Blogger.