07/12/2015

Coisas de Leitores #002


Há coisa melhor que receber cartas?
Num mundo todo voltado para a tecnologia, já pouco se usa este método de comunicação. Mas nada consegue substituir o prazer que é receber uma carta e lê-la.
Claro que é um método que demora para ser entregue, mas há qualquer coisa "mágica" em ter na mão uma carta.

Mas não me interpretem mal, dispenso as tão costumeiras cartas a cobrar impostos. Referi-me mesmo às cartas escritas à mão, em que quem nos escreve dedica o seu tempo e carinho a fazê-lo.

Eu tenho uma caixa em que guardo todas as cartas que recebi ao longo dos tempos.
E vocês? São apreciadores de cartas?
Ou preferem emails, sms e afins?

4 comentários:

  1. Oie, Dev!
    Eu amo receber cartas, apesar de toda demora. Realmente, concordo que existe algo mto, mto mágico aí, rs. Melhor ainda é receber mimos. Eu particularmente me sinto mais próxima das pessoas quando tenho contato com a escrita delas. Também guardo todas as cartas que recebi na vida dentro de uma caixinha... <3
    Bjos,
    [Um dia me livro...]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As cartas transmitem aquela sensação de serem "eternas". Que se podem guardar e reler.

      Eliminar
  2. Ooi! Então, sempre gostei de fazer cartinhas para meus pais, minhas irmãs e eu desde pequenas o fazemos :3 Cartas é algo tão simples, mas que pode significar tanto! Enquanto um texto numa publicação do facebook vai se perdendo entre as demais postagens, uma carta não, ela é guardada com amor e carinho e pode ser lida quantas as vezes quiser. Escrever uma carta é uma sensação única, e só quem as aprecia vai saber desta sensação. Pretendo voltar com as cartas nos aniversários e mesmo sem ser essas datas, cartas são sempre bem-vindas quando é escrita com amor no coração! Beeeijos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu comecei com esse hábito por ter amigas que moram longe e troço cartas com elas. É demorado, mas muito bom de escrever e depois de ter as respostas. Volta a escrever!

      Eliminar

DevRochester. Com tecnologia do Blogger.